No actual momento histórico, é fácil afastar do nosso horizonte a importância dos outros – do que bate às portas de Europa como refugiado, daquele que é vítima de terrorismo, da crise económica, do pessimismo instalado, mas também do outro que é o nosso vizinho, que trabalha ao nosso lado ou se cruza diariamente connosco. Queremos olhar os outros, não como uma ameaça, mas com um desejo de dialogo e encontro, como um bem que provoca a nossa vida.

Imprevisto - O jornal do Meeting

Videos

edições anteriores

FÉ: o grande método da razão

novembro 2012

Ao proclamar o Ano da Fé, o Santo Padre Bento XVI lançou à Igreja o desafio de promover iniciativas que manifestassem as razões da Fé nos dias de hoje.

Provocados por tal desafio, alguns amigos do Movimento Comunhão e Libertação começaram a preparar uma exposição sobre a razoabilidade da Fé - e de como a fé é um método de conhecimento humano, que não se opõe à razão, e que não se aplica somente a questões religiosas.

Durante três dias as cerca de 4 mil pessoas que passaram pela Arena do Campo Pequeno puderam percorrer a exposição "Fé: o grande método da Razão.", guiadas por universitários e jovens trabalhadores, assistir a encontros com o selecionador Fernandos Santos, a médica neonatologista Maria João Lage, ou o músico João Gil, entre outros. Chamámos a estes dias o “Meeting pela Fé” e demos-lhe o título “Fé: o grande método da Razão.”

sejam realistas peçam o impossível

novembro 2013

Decidimos constituirmo-nos como “ACML – Associação Cultural Meeting Lisboa” e promover um evento anual semelhante ao “Meeting para a Amizade entre os Povos”, que é organizado em Itália já há mais de 30 anos.

Em 2013 aprofundámos o tema do desejo. Aquele desejo que move o coração do homem, por redescobrir a cada instante e tão necessário para o desenvolvimento e educação do homem, de modo a revelar e aprofundar aqueles valores que lhe são autênticos e, assim, poder construir a civilização.

“Sejam realistas. Peçam o impossível” (Camus) foi o título que nos guiou.

Nesses dias, homens do mundo da cultura, da empresa, da academia, do desporto, passaram pelo Campo Pequeno para contar como viviam no seu trabalho ou no seu tempo livre a questão do desejo. Na abertura o Senhor Patriarca de Lisboa disse-nos que “a substância do desejo é o encontro”.

O serão desse dia consistiu de uma conversa entre a jornalista Aura Miguel e o surfista Garret McNamara, homem apaixonado por desafios sempre maiores.

Nos dias seguintes, destacaram-se as participações dos Professores Javier Prades, Henrique Leitão, Manuel Braga da Cruz, Miguel Poiares Maduro, dos empresários Rui Nabeiro e Manuel Teixeira Duarte ou do músico Tiago Bettencourt.

se a felicidade não existe então o que é a vida?

Abril 2015

Se a felicidade não existe, então o que é a vida?” perguntou uma vez Giacomo Leopardi numa carta escrita ao seu amigo Jacopensen. Porque a vida nos provoca e desejamos a felicidade, escolhemos esta frase como tema da 3ª edição do Meeting Lisboa, que teve lugar na tenda do Centro Cultural de Belém, nos dias 27, 28 e 29 de Março de 2015.

Num mundo em tão rápida mudança é cada vez menos óbvio que é possível ser feliz. Facilmente os olhos ficam fechados diante da existência positiva. Tantas vezes o homem perde a confiança necessária que permite ser realmente feliz.

O homem tem em si tudo o que permite responder afirmativamente ao apelo da felicidade. Não através de uma vontade mecânica de se convencer que a vida é bela, mas antes respondendo aos apelos daquilo que completa e realiza o seu desejo mais profundo.

O médico paquistanês Paul Bhatti veio contar-nos a sua experiência de homem feliz sendo perseguido e arriscando a vida no Paquistão, longe do conforto da sua clinica na Itália, por acreditar que os homens podem ser amigos e fazer a paz, num encontro intitulado “Grande para amar, forte para lutar.”.

“Trago fado nos sentidos” foi o mote para o Professor Rui Vieira Nery introduzir a experiência de um povo que exprime a sua graça e desgraça cantando o fado, seguido de um espetáculo de fados com a participação de Ricardo Ribeiro, entre outros.

“O desenvolvimento tem um rosto” ou “A vida não é um prémio” foram dois outros encontros, que contaram com a presença de José Manuel Fernandes, Elvira Fortunato, Henrique Leitão, Carlos Santana, Francisco Vilhena da Cunha e Afonso Reis Cabral.

No Meeting 2015 apresentámos duas exposições “Europa: é possível um novo inicio?” e “van Gogh: um olhar escancarado para o real”. As apresentações contaram com a presença da médica Valentina Dória e do jornalista Davide Perillo, e da crítica de arte Luís Soares de Oliveira e do artista plástico Pedro Calapez.

O encerramento contou com a presença do músico Miguel Araújo, que testemunhou a certeza de que "duro vai ficando o coração de quem não quis dar-se à dor de ser feliz".

oradores

(EDIÇÕES ANTERIORES)

  • D.Manuel Clemente

    Patriarca de Lisboa

  • McNamara

    Surfista

  • Miguel Araújo

    Músico

  • Fernando Santos

    Selecionardor Nacional

  • Comendador Rui Nabeiro

  • Manuel Teixeira Duarte

    Membro do Conselho de Administração da Teixeira Duarte, SA

  • Isabel Almeida e Brito

    Reitora do Colégio de São Tomás

  • Ernesto Morgado

    Chairman of SISCOG

  • Miguel Poiares Maduro

    Professor Universitário e Jurista

  • Manuel Braga da Cruz

    Professor Universitário e Historiador

  • Élia Coimbra

    Médica Radioterapeuta

  • Henrique Leitão

    Professor Universitário e Historiador da Ciência

  • Tiago Cavaco

    Pastor, músico, escritor

  • Davide Perillo

    Jornalista

  • Zita Seabra

    Editora e Politica

  • Paul Bathi

    Médico e Politico Paquistanês

  • Rui Vieira Nery

    Professor Universitário, musicólogo e historiador cultural

  • Afonso Reis Cabral

    Escritor

  • Elvira Fortunato

    Professora Universitária e Cientista

  • Pedro Calapez

    Escultor

  • Ricardo Ribeiro

    Fadista

  • Cristina Câmara

    Professora Universitária

  • Javier Prades

    Padre, Reitor Univ. San Dámaso - Madrid

  • João Gil

    Músico

  • José Manuel Fernandes

    Jornalista

  • Luísa Soares de Oliveira

    Crítica de Arte

  • Tiago Bettencourt

    Músico

  • Valentina Doria

    Médica Ginecologista